Morte Dos Pais: Como Superar?

Nesse post vamos falar sobre como superar o luto de uma das maiores dores emocionais possíveis. A morte dos pais. Venha ver.

mulher triste chorando pela morte dos pais

Esse assunto é um tanto quanto delicado, pelo fato de ser algo que todo mundo está sujeito a passar por um luto arrasador caso um dos pais sofra um óbito.

Não importa qual a causa da morte dos pais, os filhos podem ter reações diferentes para casa situação. O luto se manifesta diferente em cada um.

Aqui, a seguir, temos algumas formas de passar por esse processo de uma forma que facilite um pouco mais esse fato:

  • Encarar
  • Aceitar
  • Conversar com outras Pessoas
  • Ocupar a Mente
  • Cultivar as Boas Lembranças

Vamos ver uma a uma.

ENCARAR

A melhor forma de superar é encarar essa dor lembrando sempre que isso é um processo, que para algumas pessoas podem ser mais demorado do que para outras.

ACEITAR

Você precisa aceitar que essa é a lei da vida, infelizmente a única certeza que temos é que um dia vamos morrer, e as vezes isso acontece primeiro com pessoas que amamos. Mas querer acelerar esse processo de aceitação ou se culpar por ainda estar sensível a esse assunto, pode fazer com que seja mais demorado esse processo. É preciso saber respeitar o seu tempo.

Você não pode querer acelerar esse processo ou se culpar por ainda estar sensível a esse assunto.

CONVERSAR COM OUTRAS PESSOAS

Conversar com quem já passou o mesmo ou que tenha experiencias com esse assunto, faz com que você se sinta mais confortável, por mais que cada pessoa tenha uma dor diferente e que essa seja uma ferida que é difícil de cicatrizar, o diálogo com quem entende a mesma dor, já viveu e sobreviveu a esse assunto, ajuda muito em relação a isso.

OCUPAR A MENTE

Não tem como esquecer esse fato, mas ocupar a mente com outras atividades que seja do seu agrado, como assistir um filme, ler um livro, praticar algum esporte, entre outros, faz com que você se distraia e não foque tanto na dor da perda.

CULTIVAR AS BOAS LEMBRANÇAS

Tente sempre lembrar dos momentos bons que vocês viveram juntos, desde a infância até o último momento, ver fotos juntos ou até mesmo algo que lembre daquela pessoa de uma forma boa, mesmo com a dor da saudade, mas também com as lembranças de momentos felizes. A dor é inevitável, mas é preciso ser aceita e por fim superada.

E lembrar que não existe forma certa ou errada de enfrentar o luto. Apenas sugestões direcionadas.

Esperamos que tenha sido possível você ter tirado valor desse post.

Nos conte o que achou do post e veja mais artigos do Crematório Vila Alpina aqui.

.

.

.