Quando pode ocorrer a cremação


  • Quando em vida, o falecido houver manifestado este desejo a seus familiares mais próximos e, neste caso, o atestado de óbito deve ser firmado por dois médicos;
  • Quando ocorrer morte natural e o falecido não houver manifestado, em vida, discordância quanto à cremação.Em qualquer dos casos é obrigatória a assinatura de dois médicos no atestado de óbito.

A autorização para cremação é concedida pelo parente mais próximo, atuando sempre um na ausência do outro e na ordem sucessória (cônjuge, ascendentes, descendentes e irmãos maiores de idade), testemunhada por duas pessoas. Parentes de 2º grau não podem autorizar a cremação.

A cremação de ossos também poderá ocorrer após exumação, se houver interesse por parte dos familiares e de quem possa autorizar.

Se a morte for violenta serão necessários também: atestado médico assinado por um médico legista, autorização judicial, laudo do IML, Boletim de Ocorrência e uma declaração de um delegado, não se opondo à cremação.

Há um único crematório municipal na cidade de São Paulo – Crematório Municipal Dr. Jayme Augusto Lopes – localizado na Av. Francisco Falconi, 437 – Vila Alpina – São Paulo/SP – Fone (11) 2345-5937.

COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>