Cremação e Catolicismo

Pergunta: Gostaria que Catolicismo publicasse um artigo sobre o pensamento da Igreja Católica em relação à cremação de cadáveres. Aos olhos de Deus é permitida a cremação? E o que fazer com as cinzas? Resposta: O tema está na ordem do dia. Está se tornando moda pedir para ser cremado… A cremação é a destruição violenta do cadáver humano por meio do fogo ou de grande calor, no forno crematório. Muitos povos pagãos da Antigüidade usavam a cremação. Pelo contrário, o povo judeu e, mais tarde, os cristãos sempre rejeitaram a cremação como indigna e não conveniente à reverência devida ao corpo humano, templo da Santíssima Trindade. Entretanto, de si, a cremação não é boa nem má, podendo mesmo ser utilizada como necessidade em casos de peste, de catástrofes, nas quais a corrupção lenta de um grande número de cadáveres pode ser perigosa para a saúde (exalações pestilenciais, contágio, etc.). A razão pela qual a Igreja se opõe à cremação não é por que esta, de si, seria contra o dogma católico da ressurreição. A ressurreição dos corpos não se torna mais difícil pela cremação do que pela corrupção dos corpos. Deus, a partir de uma minúscula célula do corpo humano (contido seja na cinza funerária, seja no resultado da corrupção orgânica) o reconstitui por inteiro. Trata-se de um milagre semelhante ao da criação. Até 5 de julho de 1963 a disciplina canônica era severa no tocante à cremação dos corpos dos fiéis falecidos. Punia negando a Exéquia, ou seja a Encomendação do corpo, e a celebração das Missas de corpo presente, de sétimo e trigésimo dia àqueles que...

Visão espírita sobre a cremação

O fogo passou a ser utilizado pelo homem na Idade da Pedra Lascada e, pela sua pureza e atividade, era considerado pelos Antigos como o mais nobre dos elementos, aquele que mais se aproximava da Divindade. Com a eclosão da religiosidade, o ser humano foi descobrindo que havia algo entre o Céu e a Terra e o fogo passou a ser utilizado em rituais religiosos. Predominava a crença que ao queimar o cadáver, com ele seriam queimados todos os seus defeitos e ao mesmo tempo a alma se libertaria definitivamente do corpo, chegando ao céu purificada e não retornaria à Terra em forma de “aparições” assustando os vivos. 1. Introdução Todos os anos mais de 50 milhões de pessoas morrem em todo o mundo. As duas principais formas de ritos funerários adotados pela maioria são ou cremação ou o enterro. O parses (zoroastrianos), em Mumbai, na Índia, uma pequena comunidade, deixe seus mortos em campo aberto nas Torres de silêncio para ser consumidos por abutres. No passado algumas civilizações seria embalsamar seus mortos em processo de mumificação. Através de metodologias de pesquisa espirituais, examinamos o efeito de alguns dos principais tipos modernos de ritos funerários do ponto de vista de ajudar os nossos antepassados ​​em vida após a morte. Um conceito popular é que depois da morte a alma vai para a luz ou tem seus entes queridos à espera do outro lado para recebê-los, etc No entanto, para compreender a verdadeira experiência de uma sutil do corpo que acaba de deixar o seu corpo bruto ( sthūladēha ) após a morte, nós recomendamos que você leia os seguintes...
COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>                                                         COROAS DE FLORES 24H (11) 2366-0498 >>                                                         CREMAÇÃO DE OSSADA - EQUIPE ESPECIALIZADA (11) 3071-1325 >>